O tiro saiu pela culatra

12 Jun

Nova lei do inquilinato, que prometia pôr mais imóveis no mercado, tem efeito contrário e inflaciona o aluguel

Em janeiro desse ano entrou em vigor a nova lei do inquilinato, que em linhas gerais deixou mais fácil o despejo do inquilino, caso este que não pagasse o aluguel.

Os “especialistas” acreditavam, há seis meses atrás, que a facilidade de despejo, fariam os locadores perder o medo de alugar os muitos imóveis fechados que existem por aí, e com isso haveria mais oferta de imóveis no mercado, derrubando o então inflacionado mercado.

Mas o tiro saiu pela culatra.

Ao invés de baratear o aluguel, a nova lei inflacionou ainda mais o mercado. Nos últimos 12 meses acumula alta de mais de 11%. Equivalente 3 vezes a inflação do período.

E isso se deu por 2 motivos principais:

  1. A facilidade do despejo não ajudou a colocar mais imóveis no mercado como se imaginava, mostrando que o medo do calote não é o motivo de tanto imóveis estarem fechados;
  2. Com tantas vantagens para o locador na nova lei, muitos contratos de imóveis que já estavam vencidos foram “renegociados” em novos contratos por valores mais altos.

Renegociados é força de expressão, já que o inquilino (que já tinha o contrato vencido) não tem muito o que fazer: OU aceita um aumento em média de 20% na celebração de um novo contrato, OU sai do imóvel, uma vez que o contrato já está vencido.

Como o mercado está muito inflacionado, o locador não teme ficar com imóvel sem alugar.

A dúvida que fica é se esse tiro pela culatra foi realmente sem querer.

Dicas para alugar um imóvel:

  • Pesquise muito os preços dos imóveis, espere o “achado”;
  • Considere custo do transporte/mês do trabalho para casa;
  • Considere o valor do condomínio, e se as contas de água e luz estão inclusas;
  • Contratos de locação não podem ter duração inferior a 30 meses;
  • Quando o inquilino sai do imóvel, o depósito tem que ser devolvido corrigido pela poupança;
  • O locador pode exigir seguro fiança ou seguro contra incêndio. O que ele não pode é obrigar o inquilino a fazer a contratação de determinada seguradora. Se o inquilino quiser, pode pesquisar no mercado seguros mais em conta.

3 Respostas to “O tiro saiu pela culatra”

  1. Bruno Brunelli 13 de Junho de 2010 às 6:01 am #

    A Lei 8245/91 sempre foi boa !! Como é ano de eleição, ficam fazendo estes comentários, como neste site….
    Oras, os aluguéis ficaram vários anos sem subir, justamente por terem muitos imóveis e poucos Locatários.
    Agora, chegou a vez dos Locadores. Nada mais justo. Esta coisa de falarem que tem que alugar pq é mais fácil despejar, é conversa!! Enquanto não citar o Locatário, como vai despejar ?? Que Locador não vi querer uma garantia para a locação ?? Contratos vencidos = valores defasados. Aloooooo. Não teve inflação nestes últimos anos ?? Os salários não subiram ?? Como cantava Renato Russo ( Legião ), Que País é este ??

    • dicasdeconsumo 14 de Setembro de 2010 às 3:28 am #

      Contratos vencidos = valores defasados?? Onde isso?? Se o contrato é atualizado pelo IGP-m, ele esta sim com valor atualizado. O IGP-M corrige, mas ele é um indice geral. No ultimos meses ele tem sido puxado pelo aumento do aluguel especialmente. Quanto a que país é esse lhe respondo: é o país com a segunda maior desigualdade social do mundo, onde a maioria que não tem casa compromete boa parte da sua renda para pagar aluguel, para pessoas como o sr. que apesar de tudo ainda se sente injustiçado.

  2. Nara 6 de Janeiro de 2011 às 2:14 pm #

    adorei! exatamente isso! aqui em Brasília então! o aluguel é um absurdo e os imóveis tem um preço totalmente sem noção, deve ser o m² mais caro do país pelo que eu ouço dizer.
    Adorei também a sua resposta ao comentário acima, com certeza esse indivíduo nunca teve que alugar um imóvel e se ver com mais obrigações do que direitos diante de um contrato totalmente tendencioso e nas mãos das imobiliárias.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: